Histórico Grupo Cochicho na Coxia





O Grupo nasce da iniciativa de dois jovens, que em 5 de novembro de 2002, fundam a Cia. Teatral Cochicho na Coxia, que alguns anos depois vira Grupo Cultural Cochicho na Coxia, com o objetivo de ampliar sua atuação para as outras áreas da artes.


Renato Penco e Thaissa Vasconcellos, fundadores do Grupo, realizaram como primeiro espetáculo infantil “Dona baratinha quer Casar”, que percorreu inúmeras escolas do Rio e Grande Rio.
  



O Grupo solidifica seu trabalho no Teatro Escola e seu terceiro espetáculo “Um Presente Diferente – O Aniversário de Pedrinho”. Este percorreu os Teatros de Guignol do Rio de Janeiro pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio



 Em 2004 o grupo lança a 1° Oficina Livre de Teatro para crianças na Biblioteca Comunitária Oscar Romero. A oficina de teatro infantil foi uma tentativa de formar plateia no Município de Mesquita, município de origem do grupo. 


2005 – Cria o GET (Grupo de Estudos Teatrais) com atores e não-atores com o objetivo de formar um grupo permanente de estudos, técnicas e história do teatro. Com duração de 6 meses, a turma fez parte da montagem do espetáculo “Fragmentos”, onde o público percorria o espaço e acompanhava cada cena pelo espaço físico do Centro Cultural Oscar Romero.

Em 2006, produziu e montou o espetáculo “O Mistério da Feiurinha” de Pedro Bandeira com a autorização do próprio autor Pedro Bandeira. Esta montagem é considerada a primeira grande produção do grupo e envolveu também os alunos da oficina infantil.



Em 2007, o grupo continua com seu trabalho e monta o Espetáculo “A Revolta dos Brinquedos”. Este clássico do teatro infantil brasileiro fez uma temporada no Centro Cultural Oscar Romero, nos Shoppings da região e eventos que o grupo foi convidado.







A partir de 2008 o Grupo Cultural Cochicho na Coxia dá início a uma importante jornada de profissionalização em que boa parte dos integrantes partiu rumo ao ensino superior em Artes Cênicas, Produção Cultural e Artes Visuais, totalizando 11 integrantes. Todo esse processo de profissionalização, fez com que hoje 90% dos seus integrantes possuam DRT. Outro passo importante foi a filiação do Grupo à FETAERJ. E após todo trabalho desenvolvido em rede na Biblioteca Parque e no Teatro Glauce Rocha, ambos na cidade do Rio de Janeiro.



Atualmente o grupo possui 20 integrantes, que participam de Festivais, com espetáculos como a farsa “Guerra dos Canudos”, em que ganhou sete indicações a prêmio no Festival Nacional de Teatro em Rio das Ostras em 2010;






Em 2011, foi selecionado para o Festival Novas Cenas onde produziu o Espetáculo "O Inglês Maquinista" do Autor Martins Pena, homenageado na edição daquele ano. Com mais 21 grupos de todo os Estado do Rio, o Grupo Cochicho se apresentou na Casa de Cultura Laura Alvim em novembro de 2011.


Entre os anos de 2012 e 2014 o Grupo Cochicho ganhou mais dois prêmios com o Esquete "Arraial", eleito o melhor no júri popular do 7º Festival Mix de Esquetes de Nova Iguaçu e 3º Melhor Esquete no V Festival Camarim das Artes em Jacarepaguá.



O Grupo percorreu festivais com o espetáculo ‘’A Festa no Céu’’, que desde o ano de 2015 já recebeu vinte e uma indicações e cinco prêmios em três festivais, dentre eles Melhor Espetáculo Infantil no Festival Nacional de Teatro de Duque de Caxias. 





Em 2016, iniciou a montagem do espetáculo “Tudo Menos Beterraba”, um melodrama com estreia marcada para o segundo semestre de 2017, em comemoração aos 15 anos do Grupo.





Atualmente o Grupo comemora a vitória do 29º Prêmio Shell na categoria inovação, através da Rede Baixada Em Cena.







.
INFORMAÇÕES:
(21) 2796-4862 / 98725-0271 / 98863-8934
www.grupocochicho.k6.com.br